O Anticorinthianismo em mais uma tentativa de Golpe contra o Corinthians.

No começo da semana, o Presidente do Cornthians Andrés Sanchez foi até a Câmara da cidade de São paulo pedir para os vereadores se apressarem para votaram um projeto de lei que dará 420milhões de reais em incentivos fiscais para a construção do estádio do Corinthians que servirá de Palco para a Abertura da Copa no Brasil.

Pois bem, tudo certo, a maioria dos vereadores ouviram as argumentações de Andrés Sanchez e estavam de acordo para votarem a favor do projeto, quando o vereador Aurélio Miguel, ídolo do Judô Brasileiro, atleta com notoriedade nacional, que muito contribuiu para o nosso País com a medalha olímpica… e Conselheiro do São paulo Futebol Clube, isso mesmo, aquele clebe dono do Estádio que foi rejeitado pela FIFA, pediu vista do processo e prorrogou a votação, depois postou em seu site a seguinte justificativa:

Sou contra isenção fiscal ao Itaquerão. E ao Morumbi, Palestra, Canindé …
O prefeito Gilberto Kassab quer conceder ao Corinthians incentivos fiscais de mais de R$ 420 milhões para a construção de seu estádio em Itaquera. É dinheiro público para a realização de um sonho de um clube de futebol da capital paulista. Sem isso, dificilmente a obra ficará pronta a tempo de receber jogos da Copa do Mundo de 2014. Não concordo que esse tipo de investimento milionário seja feito. Para nenhum clube de futebol, inclusive o São Paulo FC onde sou conselheiro, como já me manifestei em diversas ocasiões – basta ver meus posicionamentos contrários a construção do Monotrilho/Linha Ouro 17 e da cessão por parte da prefeitura da praça pública defronte ao estádio do Morumbi ao São Paulo e que se transformaria em estacionamento privado do clube.

Preocupado que está com a organização de seu novo partido, o PSD (Partido Sem Destino), o prefeito Kassab não presta atenção nas coisas da cidade e sequer se lembra do que fala. No ano passado o estádio do Morumbi foi descartado para a Copa por não ter dinheiro suficiente para as obras de adequação exigidas pela FIFA. Na oportunidade, Gilberto Kassab jurou de pés juntos que não colocaria dinheiro municipal em estádio nenhum. Agora quer premiar um estádio com mais de R$ 400 milhões, dinheiro da cidade.

Depois de descartar todas as opções mais baratas, vem agora o senhor prefeito acenar com essa proposta que condeno e rejeito. Oras, o Pacaembu por bem menos também se transformaria em excelente opção para o Mundial e se trata de um equipamento público. Sem falar que o Parque Antártica, do Palmeiras, está passando por ampla reforma sem contar com dinheiro do povo.

A região de Itaquera precisa de investimentos em sua infra-estrutura. Desde 1992 existem projetos para o desenvolvimento daquela importante área da capital paulista. Esses projetos dormem nas gavetas do Executivo. Não seria necessária a construção de uma arena esportiva para desenvolver a Zona leste da cidade. Ali as prioridades são hospitais, escolas, moradia e transporte público de qualidade. Porque não se usa o incentivo fiscal de mais de R$ 400 milhões para a construção de creches ?. Isso sim é dar destino correto ao dinheiro público.

Quero, como esportista e cidadão paulistano, que o Corinthians tenha um estádio digno de sua torcida. Mas ele tem que ser erguido com dinheiro privado. Verba pública é para infra-estrutura que beneficie toda a população e não apenas um clube, seja ele qual for. Por isso mesmo solicitei vistas ao Projeto 288/2011. Dinheiro do município é coisa séria e está na hora de as autoridades de São Paulo levarem isso em conta.

Aurélio Miguel
Líder do PR na Câmara Municipal de São Paulo

Fonte: http://www.aureliomiguel.com.br/not_2011jun21a.htm

Em certo ponto concordo com o vereador, acho que Itaquera precisa mesmo de muito investimento, mas será que impedir a construção do Estádio realmente é fazer justiça social de que tanto o povo daquela regiao precisa.

Será que essa bandeira que o vereador levantou, de agora querer defender Itaquera, será levada em frente? Será que ele irá conseguir 420milhões de incentivos fiscais pra Itaquera e construir, escolas, hospitais, creches como bem diz o texto?

Vamos aos fatos: Aurélio Miguel é Vereador desde 2004 pela prefeitura de São Paulo.

Numa pesquisa rápida no site do Câmara Municipal de São Paulo, os projetos de lei (clique para ler os projetos de lei do vereador) do nobre Edis, na sua grande maioria, são nomeações de Título de Cidadão Paulistano, ao todo são 12, incluindo Rogério Ceni, Goleiro do SPFC ! Ah, ele criou também o dia do SPFC!

Criou também outros projetos, dentre eles nomeações de praças(3), deu nome a 2 CEU (escolas de São Paulo), nomeou uma concha acústica, criou a semana da feira de livros, Dia do Jiu Jitsu, dia da Catalunha,(seu pai é natural de Barcelona).

Teve alguns projetos de relevência, como modificações para ajudar o Bolsa Atleta, a obrigação de exibição do medidor de temperatura nos supermercados, a obrigação do envio dtacógrafos aos orgãos fiscalizadores, criou o Evento “Espaço da melhor idade”, Conferência dos esportes, incluiu duas maratonas e um campeonato de judô no calendário de eventos esportivos da cidade.

Ótimo para um vereador de origem no esporte, mas o que ele fez pelo povo de Itaquera? NADA. E pra ajudar mais ainda quer barrar a construção do Estádio do Povo!

Deseja também, que por conta de uma briga POLÍTICA entre o PT (Governo Federal), o PSDB (Governo Estadual e até pouco tempo situação na prefeitura), o Estado de São Paulo não sedie a abertura da Copa do Mundo, já que o estádio do clube ao qual ele é vinculado, foi vetado.

Alegou que a reforma do Morumbi seria mais barato, ora, pra reformar seria necessário dinheiro! Incentivo fiscal não resolveria e realmente não é certo pegar dinheiro público para colocar em um estádio privado, mas já que ele é vereador, porque não conseguiu incentivos fiscais para a reforma do estádio? porque não tem como, não tem o que por em garantia!

Mais uma coisa, o BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento econômico e Social tem esse nome e não é por acaso. O dinheiro que ele empresta serve para o país, estado ou prefeitura se desenvolver na área social! O dinheiro emprestado pela Odebrecht para fazer o Estádio deverá ser devolvido! Não tem nada de dinheiro público nisso! O BNDES empresta dinheiro até pra outros países! Não me venham falar em dinheiro Público! Viu Sr. Flávio Prado, que se diz torcedor da Ponte preta mas não é, é bambi !

Este evento, pela primeira vez privilegiaria a Zona Leste, região sempre preterida no orçamento da cidade.

Outra coisa que é importante salientar, incentivos fiscais, não quer dizer ue o Corinthians vai receber Dinheiro vivo em espécie para construir o Estádio, quer dizer que a prefeitura vai deixar de receber dinheiro proveniente de tributos, mas que com a Copa do Mundo, vai trazer em triplo, já que a cidade de São Paulo poderá faturar até 2 bilhões de reais e consequentemente, a região de Itaquera irá melhorar, pois no entorno do Estádio serão feitas benfeitorias estimuladas pela obra e por conta dos jogos.

Com tudo isso que foi mostrado, fica evidente que o vereador não pediu vista do processo para ‘ajudar’ o povo de Itaquera, mas sim, para barrar um projeto sonhado pelo torcedor Corinthiano, que sempre tem de lutar contra essa onda, a onda facista do ‘ANTICORINTHIANISMO’, da qual faz parte a imprensa golpista de São Paulo, que em sua maioria são são paulinos e palmeirenses nas redações dos jornais, e que fazem parte alguns empresários e políticos, e que por muitas vezes tentou destruir o time, mas que não vai conseguir, eles não vão derrotar 35 milhões de torcedores, não vão derrotar a força de São Jorge Guerreiro!

Saravá São Jorge!  Vai Corinthians


6 respostas para “O Anticorinthianismo em mais uma tentativa de Golpe contra o Corinthians.

  • Denis

    Parabéns….. Belo texto!

  • Paulo

    R$ 1727,34 reais são deduzidos, do meu Salário, em impostos, todos os meses.

    Hoje vi no jornal nacional que várias pessoas morreram na fila de um hospital, no Nordeste, por não serem atendidos adequadamente.

    Não sou contra o Estádio do Corinthians. De fato, torço para que ele seja construído, no seu devido momento, com recursos adequados.

    O quê não posso tolerar é quê, sabendo as condições cruéis que muitos brasileiros vivem, parte do meu Salário seja destinado a um investimento privado.

    A cidade de São Paulo não foi capaz de se planejar para ser uma sede da Copa 2014.

    Sinto muito. Quê agora invistam os 420 milhões em Hospitais do Nordeste. Que apliquem incentivos fiscais no Nordeste.

    • Administrador

      Não seja por isso, do meu salário são desontados um pouco mais que isso, mas o fato é que se o estádio não for construído, os hospitais no nordeste tambem não serão! se o estádio não for construído o Brasil não vai ficar mais rico! Se os hospitais não foram construídos até agora, não serão construídos até a copa! Além do mais, Recife vai ficar com quatro estádios pra três times! Sport, Naútico e Santa Crauz já tem estádio e eles estão fazendo mais um! Natal por exemplo vai gastar 1,6Bi pra fazer seu Parque esportivo e não tem nem time pra usar! porque ficam só no pe´do Timão? É simples, é porque dá IBOPE! Agradeço o comentário, o debate é sempre necessário! Abraços

  • FRANCISCO

    ACHO QUE NÃO DEVE EMPRESTAR DINHEIRO P/ CALOTEIROS FALIDOS.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: